Ready? Play… on clay.

Ah, não há melhor momento para iniciar um blog sobre tênis do que quando começa a temporada de saibro…

Primeiramente, porque é o piso onde vimos (vemos?) o maior número de vitórias brasileiras. Também porque é quando a temporada fica mais animadinha. Com Roland Garros e Wimbledon chegando, o Federer coincidentemente fica mais motivado e temos um adversário à altura (ignore os joelhos) em sua superfície favorita.

Antes de qualquer coisa, esse não é um blog Nadalete ou Federete. Pelo contrário, sempre torço pelos dois e me dói toda vez que um deles é eliminado por um mané tenista que acordou inspirado. Paremos com as divagações e falemos do que interessa: Monte Carlo.

O borracheiro de Mallorca

Rafa recupera a confiança, mas ainda entorta a boca

Esse título é uma brincadeira com o verdadeiro passeio que o Nadal deu nesse torneio, incluindo três pneus (contra  Baikker, Berrer e Verdasco). Ok, a chave dele não foi um mata-mata de Champions League, mas não é culpa do espanhol se Andy Murray e Novak Djokovic não honraram os postos que ocupam no ranking. Ele fez o que deveria fazer: atropelou dois quase anônimos e seus compatriotas Ferrero, Ferrer e Fernando.

Dando uma viajada aqui: Rafa encarou esse torneio como o Santos jogou o Paulista e a Copa do Brasil. Se o nível é fraco e os adversários parecem amadores perto de sua força, goleada, digo, pneu neles! A mesma dificuldade que os santistas têm nos clássicos Nadal também terá ao enfrentar seus maiores rivais novamente. O importante é que ele chegue à França confiante, forte, veloz, com seus tiques estranhos e SEM a bermuda xadrez (PLEASE!)

Cornetas no Bellucci

Calma, Thomaz!

Confesso que não vi a derrota para Kohlschreiber. Mas entrei no Twitter (BTW, siga aí: @sheilokavieira) e o ‘mundo’ estava caindo de reclamações e xingamentos ao moço de Tietê. Conversei com algumas pessoas (pessoas = Gustavo Loio, siga também: @blogtopspin) e elas me disseram que Bellucci caiu de produção no segundo set. O terceiro, como mostrou o placar, foi bastante disputado.

Gustavo concorda comigo que não há motivo para tanta “cornetagem”. Thomaz é um tenista brasileiro especial que conseguiu chegar longe numa época difícil para o tênis brasileiro. É um profissional muito bem-sucedido e, mesmo se não conseguir alcançar uma posição maior que 28º (sua maior marca), terá um lugar especial no nosso álbum de figurinhas.

Porém, é inevitável perceber que ele ainda não evoluiu muito em relação ao ano passado. A movimentação lateral precisa melhorar, Bellucci cansa em jogos de 3 sets, não sabe mudar o ritmo do ponto, perde a concentração e depende bastante de seu (belo) saque.

Jogar de igual para igual contra bons tenistas e ser seed em ATPs e Masters 1000 são grandes feitos, mas acredito que os objetivos do moço para 2010 não se resumem a isso. Que a temporada de saibro o ajude (ignoremos o começo com o pé esquerdo, combinado?)

WINNER DA SEMANA: não é para um tenista, mas para uma página de Internet!!! De uma tenista… @CaroWozniacki Sim, o Twitter da dinamarquesa está bombando. A número 2 do mundo cativa seus seguidores falando sobre seu almoço e dando até pitacos sobre futebol (homens delirando aqui). Depois de torcer o tornozelo ontem na semi de Charleston, informou aos fãs que estava na cama com gelinho no pé. Fofa! Oremos para que ela não comece a frequentar desfiles de moda (#sharapovafeelings).

DUPLA FALTA DA SEMANA: Andy Murray, claro. Acho que ele chegou a Monte Carlo e atrasaram a bagagem dele, o quarto do hotel era ruim, sei lá. Que falta de jogo, vontade, poder de reação, tudo! A derrota para Kohlschreiber (ainda soletrarei errado esse nome) mostra que o escocês tem um longo caminho a percorrer na terra batida. E ainda ficou tuitando a semana inteira como se nada tivesse acontecido… #se-mata

PS: sem comentário para Djokovic. Desisti de entendê-lo e apenas aprecio sua beleza.

Bom, para fechar esse post de estreia, uma série fixa, que pretendo alimentar todo domingo.

Eis “Formas de detectar Nadaletes e Federetes”:

– FEDERETE: “Monte Carlo não vale nada. O que importa são Grand Slams… e o Torneio da Basiléia, claro”.

– NADALETE: “Corneteiros de plantão, falem algo depois dessa semana! O rei vai recuperar sua coroa em RG”.

QUE VENHA BARCELONA!

Anúncios

9 Comentários

Arquivado em Masters 1000

9 Respostas para “Ready? Play… on clay.

  1. Ahh, eu ri da foto do Rafa e mais ainda da legenda. Bom, eu não entendo muita coisa de tênis, fui a alguns jogos (bom, o Pan de 2007 me matou de raiva, mas tá valendo) mas vou visitar sempre. Quem sabe eu começo a entender alguma coisa, né?
    Abraços e boa sorte com o novo blog.

  2. Alexandra

    Adorei o texto, mas por favor, COM bermuda xadrez 😉

  3. Parabéns à nova blogueira! Excelente texto!

    E obrigado pela citação ao blogueiro aqui.

    Sucesso!

  4. fotos bem escolhidas! muito bom o post.
    “pneu” eh um chocolate do tenis?
    gostei da escrita mas alguns ha termos inacessiveis — pneu, btw, clay (ok, google nele, preguicoso).
    as secoes do final serao permanentes? Acho q vc poderia colocar uma secao com mocas bonitas do tenis! hahaha

  5. parabens sheila por uma alternativa ao jornalao

  6. Lê Scalia

    Aê, venho diversificar o público que comenta porque não entendo nada de tennis. Da última vez que joguei (vale destaque: no wii) eu perdi feio do video game e ainda fiquei com dor no braço haha. #Fail.
    Mas tenho um carinho especial pelo saibro, pq na época que o Guga não era bichadinho eu era mais ligada no esporte. E nem preciso acompanhar o Bellucci pra saber que tem um monte de corneteiro e que isso é paia… pô deixa o menino ir tentando. Concentre a crítica no Massa (ele sim eu odeio hahaha). E percebi recentemente que eu gosto do Nadal! Não sei pq.. mas gosto. Não q desgoste do Federer… mas curti o estilinho exótico xadrez haha.
    Tá mto legal o blog, She 😀
    Bjooo!

  7. Lê Scalia

    ““pneu” eh um chocolate do tenis?”
    eu deduzi que sim hahaha. É né?!

  8. Marcela

    Simm! Enfim li o blog e posso comentar!
    Feliz pelo Nadal, foi ruim ele ter ficado tanto tempo sem ganhar nada (excetuando a vitória na Davis). Incrível como o joelho, a barriga e afins não doem no saibro, não é mesmo?! huahua Bom para o tennis se ele continuar jogando nesse nível. Ansiosa por Madri!
    E parabéns a minha amiga pelo blog!! Está mara e tenho certeza de que sempre estará atualizado! =D

  9. Parabéns pela iniciativa, bem vinda à blogosfera. Sucesso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s