He's a gypsy…

Today, on Entertennis Weekly… Masters de Roma, os mistérios de Rafa e tênis na telinha.

Antes de tudo: estou um pouco arrependida do nome que escolhi para este blog. Tenho que ficar soletrando…

Outra: não entendeu o título do post? Entenda.

Roma feelings

Eu coloquei um mapa da Letônia aqui para que você localizasse precisamente onde nasceu, há 21 anos, o ser humano que eliminou Federer na estreia de um Masters e quase levou Nadal junto. O nome dele é Gulbis, Ernests (com S no fim mesmo) Gulbis, uma das maiores promessas do tênis mundial. Talentoso, destemido e amadurecendo cada vez mais.

Quem acompanha o circuito com mais atenção conhece o rapaz há mais ou menos um ano e pouco. Sempre fazendo jogos duros contra os grandes, mas pecando um pouco no aspecto cerebral/ emocional do jogo. No tênis, isso faz muita diferença. Não assisti ao 2/6, 6/1, 7/5 contra Federer, mas uma das maiores Federetes que conheço afirmou que o rei estava sem nenhuma vontade. Parecia não estar nem aí. Era a oportunidade perfeita para que um jovem cheio de vontade e talento o derrotasse. Bedi Bedi Roger… (by Joel Santana).

Nadal levou a taça em Roma merecidamente pela semi contra o letão. Quando começava a relaxar no segundo set, Rafa foi surpreendido por uma série de golpes excelentes em todos os cantos da quadra. Sabemos que o espanhol aprecia uma corridinha, mas Gulbis foi tão competente, que dificultou a vida do número 3 até nisso. Há algum tempo não víamos lindas curtinhas deixando o touro babando na rede. Convenhamos: é preciso coragem para fazê-lo. Veri Gudi, Ernests!

E o merecimento de Nadal esteve em não perder a concentração diante dessas dificuldades. É impressionante como Rafael não se abala. Tanto que dá aqueles socos e pulos de comemoração que, para muitos, são exagerados. A final contra o compatriota Ferrer foi previsível e chata, por causa das duas interrupções.

Os tiques

Ao sentar em seu banco, ele treme estranhamente as pernas. Checa seus pertences repetidamente, coloca as duas garrafas milimetricamente alinhadas, pula enquanto o sorteio é feito e dá um pique de Usain Bolt até o fundo da quadra.

Antes de cada saque, dá uma ajeitada no tronco, coloca os fios de cabelo atrás da orelha e… chega o momento: ele ARRUMA A CUECA. Por quê?! Por queeeeeeeee ele faz isso?

Todos têm os seus tiques, mas Nadal elevou a mania às últimas consequências. Além dos adversários imitando, o público dá uma risadinha discreta toda vez que ele executa o movimento. E o espanhol simplesmente não fala sobre isso. Eis um mistério do tênis. Assim como as cordas vocais de Sharapova.

WINNER DA SEMANA: seria tosco da minha parte não dizer Gulbis depois de toda a babação que fiz lá no começo.

DUPLA FALTA DA SEMANA: curiosamente, vai para uma dupla de pipoqueiros: Verdasco e Djokovic. Dois jogadores que poderiam marcar história no tênis, mas preferem entregar jogos de graça, dando chiliques e surtos. #FAIL

Tennis on telly

Nessa semana, eu estive numa palestra sobre esporte na era digital, na qual estavam presentes João Pedro Paes Leme e Tiago Leifert, jornalistas da TV Globo. A maior discussão da tarde foi o espaço que a TV dá aos esportes olímpicos. Diante de amantes de polo aquático, natação e até arco e flecha (ou tiro com arco?), a defesa dos globais era de que o tempo da telinha é limitado e não podemos ignorar a extrema predominância do futebol no país.

Eu concordo em parte com eles, mas não discutirei isso aqui. É que a conversa me fez lembrar como acompanhei tênis todo esse tempo (13 anos), apenas pela TV. Primeiramente, com a Manchete, claro, depois com a ESPN e, finalmente, no Sportv2. Houve algumas tentativas de transmissão nas redes abertas quando a Rede TV! começou a ocupar o canal 9 em São Paulo, mas só perduraram enquanto Guga estava no auge.

Os canais da TV a cabo costumavam acompanhar os bastidores de Guga e mostrá-los em especiais, como o “Nas Pegadas do Campeão”, da ESPN. Hoje, o Sportv tem mais torneios, apesar de transmitir dois Grand Slams, contra 3 da ESPN. Já a WTA tem no Bandsports a sua casa. Enquanto Oswaldo Maraucci comenta os jogos de GS no Bate-Bola, os outros integrantes da mesa viajam na maionese. E quando o assunto surge no “É Rapidinho”, também da ESPN, os comentaristas se olham, sem muito o que dizer.

É impressão minha ou eu e mais 10 pessoas no Brasil vemos jogos de tênis? Algo a se pensar…

Ah, penso depois! Por que agora é hora de…

FORMAS DE DETECTAR NADALETES E FEDERETES:

Nadalete: “O Gulbis dificultou, mas o Rafa mostrou que leva o jogo mais a sério”.

Federete: “Daqui a três semanas a gente conversa”.

Não falei de Bellucci nem de WTA hoje… semana que vem, ok?

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Masters 1000

4 Respostas para “He's a gypsy…

  1. Ando cada vez mais convencido com o Nadal e mais descrente do Djokovic, molenga.
    A não sei por alguns comentários de Luigi Parrini, não conhecia muita coisa, vou ficar mais atento ao tal Gulbis.
    E semana que vem quero ver aqui o tênis de verdade, das meninas. O Bellucci podemos deixar quieto por um tempo vai…

  2. Lê Scalia

    Booom, primeiro preciso comentar a menção honrosa, boa, She hahahahaha Marcela Lupoli tiete do Federer hahahaha.
    Bem, eu vi um pedaço desse jogo do Nadal e o doidinho aí, Gulbis. Achei que o cara da Letônia jogou bem melhor (a parte que eu vi)… mas que tva cometendo uns erros, tipo.. toscos. Mas eu não sou a melhor pessoa para discutir isso hahaha. E eu reparei na ajeitadinha de cueca… bom, sei lá, né vai ver é culpa da bunda dele q é mto gde ahahaha ou então daquela bermuda apertada. Segue um mistério pra mim como ele consegue se movimentar vestindo aquilo.
    E, assim, ele tem MTOS tiques hahaha, coisa d cigano.

    Bjos :]

  3. yuri

    muito bom o post!
    videos linkados bastante engracados.

  4. Ane

    Heyyy…nao se preocupe pq vc nao está sozinha assistindo aos jogos d tenis…infelizmente aqui no brasil a coisa tá dificil…até pra assistir, qto mais pra ver comentários inteligentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s