Arquivo da tag: Fernando Meligeni

Everybody loves Roland Garros

Rolangarrô 2010 é o Grand Slam de estreia do Entertennis Weekly, então pretendo fazer algo mais sério hoje, ok? Eis um apanhado geral do Aberto da França para que você saiba o que esse torneio tem de tão especial, além de ser o único disputado no saibro. Sim, você poderia ter ido à Wikipédia. Mas aqui é muito mais legal, admita!

Perguntas básicas:

Quem é Roland Garros? Foi o pioneiro da aviação francesa. Morreu durante a Primeira Guerra Mundial, abatido durante um combate aéreo.

Por que o torneio tem esse nome? Na verdade, Roland Garros é o nome do complexo onde o Aberto da França é disputado. Foi construído em 1928, para que os franceses pudessem jogar a Copa Davis contra os EUA em casa.

Quais são os recordistas em títulos? Bjorn Borg, com seis vitórias e, no feminino, Chris Evert, com sete taças.

Os dez últimos vencedores e vencedoras:

2000 – Gustavo Kuerten (BRA)/ Mary Pierce (FRA)

2001 – Gustavo Kuerten (BRA)/ Jennifer Capriati (EUA)

2002 – Albert Costa (ESP)/ Serena Williams (EUA)

2003 – Juan Carlos Ferrero (ESP)/ Justine Henin (BEL)

2004 – Gastón Gaudio (ARG)/ Anastasia Myskina (RUS)

2005 – Rafael Nadal (ESP)/ Justine Henin (BEL)

2006 – Rafael Nadal (ESP)/ Justine Henin (BEL)

2007 – Rafael Nadal (ESP)/ Justine Henin (BEL)

2008 – Rafael Nadal (ESP)/ Ana Ivanovic (SER)

2009 – Roger Federer (SUI)/ Svetlana Kuznetsova (RUS)

Um pirulito para quem acertar os favoritos dessa edição.

Mas, o tênis também é uma caixinha de surpresas (não é Soderling?)

Previsões de ranking

Na CNTP (condições normais de temperatura e pressão), o ranking pós-RG deve continuar o mesmo nas duas primeiras posições. Afinal, Rafa só passa Federer se vencer o torneio e Roger for eliminado nas quartas. Sabe quando foi a última vez Federer NÃO disputou a semifinal de um Grand Slam? Na França… em 2004!!!!!! Sim, fique de queixo caído!

Desde então, ele fez TODAS as semis da série de torneios mais importantes do tênis. Quem foi o último cara a eliminá-lo antes dessa fase? Mais um pirulito para quem acertar…

Kuerten 3x0 Federer, terceira rodada de RG-2004

A chave para Nadal está relativamente fácil, com seus compatriotas fregueses. Federer, por sua vez, tem os bons tenistas ao seu lado, mas nenhum bicho papão no saibro (só o Gulbis, rs).

Os brazucas se deram mal no sorteio. Ricardo Mello, que passou pelo qualifying, pega Cilic de cara. Seria duro até para o Bellucci. Falando nele, nosso melhor tenista estreia contra Michel Llodra, da casa, experiente e marrento. Ele sabe irritar e Thomaz é alguém que costuma cair nessas armadilhas. Se passar, deve encarar Hewitt. Osso.

E o Thiago Alves, que também furou o quali… enfrenta Fernando González (chichichi lelele). Tenso. Resumo da ópera: OREMOS.

RG-2001: dois grandes jogos de dois grandes brasileiros

Um momento pessoal e de memória, que mostra por que eu gamei nesse esporte.

Fernando Meligeni x Andre Agassi, pela terceira rodada em 2001: o jogo estava no terceiro set. Apesar do placar indicar 2×0 para o americano, a partida estava até disputada. Daí começa o show de Fininho. Agassi disparou inúmeras bolas no fundo da quadra, uma em cada canto.

Meligeni não aguentou e se jogou no saibro de forma acrobática, assustadora e absolutamente hilária. Andre pergunta se ele está bem. Fininho levanta, senta na cadeira do juiz de linha e faz um sinal de tempo com as mãos. Naquela hora, ele conquistou a quadra central. O espírito de luta e o bom humor de Meligeni fazem muita falta.

Havia, no mesmo ano, um brasileiro defendendo o título: Gustavo Kuerten. As oitavas de final dele foram contra Michael Russell, um americano. Mas, nesse caso, o brasileiro era favoritíssimo.

Primeiro set: Russell 6-3

Segundo set: Russell 6-4

Terceiro set: MATCH POINT PARA RUSSELL. Oi?????????????

Todos os presentes na quadra central começaram a gritar: Guga, Guga, Guga!

Guga salvou o match point. Virou o set no tie-break. Fez 6-3 e 6-1 no quarto e no quinto. Passou por Russell. Desenhou um coração na quadra e ajoelhou dentro dele, agradecendo o carinho dos franceses.

Desenhou novamente o coração e deitou-se nele após sagrar-se tricampeão.

Ao lembrar disso, fico arrepiada e emocionada. Espero que todos tenham ideia do que Gustavo Kuerten significa.


Acompanhe RG e comente comigo no Twitter. Às vezes, fico solitária por lá.

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Grand Slam